11 Motivos para Comer Amora Todos os Dias! [Benefícios para Saúde]

Conheça os benefícios da amora e saiba como preparar o chá com as suas folhas

Você sabia que existe mais de um tipo de amora? Quando se fala em amora, grande parte das pessoas associa à imagem de uma frutinha escura e muito saborosa. Entretanto, a denominação “amora” é utilizada para apontar diversas frutas com formato semelhante, mas com origens diferentes. Em qualquer uma das suas versões, os benefícios da amora para a saúde se destacam!

Neste artigo você vai conhecer mais sobre os benefícios da amora e também como preparar o seu chá. Ainda, entenderá um pouco melhor sobre os tipos de amora e as suas contraindicações.

Quais tipos de amoras existem?

Ao falar dos tipos de amora, é inevitável começar com a amora negra – conhecida no meio científico como Morus Nigra. Esse é o tipo mais consumido e também aparece no posto de amora mais nutritiva. Devido ao seu sabor adocicado, esse fruto é ingerido tanto de forma pura, quanto em geleias, bebidas e sobremesas. Entretanto, além desta, existem outras, vejamos quais são:

Amora Branca

tom claro

A amora branca é o tipo menos comum na alimentação humana. Isso acontece por ela não ser tão conhecida quanto os outros tipos de amora. Originária da China, essa fruta também está presente em alguns estados brasileiros como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás.

Geralmente, as folhas da amora branca são utilizadas para a alimentação do bicho-da-seda. No consumo humano, o chá das suas folhas tem se tornado popular no combate aos sintomas da menopausa.

Amora Vermelha

espécies diferentes

Já a amora vermelha, também chamada de morango silvestre, é muito semelhante a uma framboesa. Com o nome científico Rubus rosifolius, ela é rica em nutrientes e pode ser consumida de diversas maneiras.

Amora Silvestre

cor preta

A amora silvestre possui grande semelhança com a amora vermelha. Seu nome científico é Rubus fruticosus e também faz parte da alimentação humana.

Amora Miúra

em dois tons

Por último, proveniente da Ásia, a amora miúra chegou ao Brasil mais recentemente. Apesar de ser nutritiva como fruto, esse tipo de amora apresenta maiores benefícios em suas folhas. Inclusive, elas são muito utilizadas na medicina asiática devido ao seu poder de proteção do organismo contra doenças.

Valor nutricional

Os frutos provenientes da amoreira se destacam principalmente por sua riqueza nutricional. As amoras são ricas em potássio, fósforo, magnésio, ferro, fibras e vitaminas A, B, C, E e K. Além disso, esse tipo de fruto é rico em antioxidantes, como as antocianinas, substâncias muito benéficas para um melhor funcionamento do organismo. Por isso, os benefícios da amora estão ligados a diversos fins, especialmente na proteção de doenças.

5 benefícios da amora para a saúde

benefícios para a saúde

Da pressão sanguínea à visão, os benefícios da amora são extensos. A fruta se destaca pela versatilidade na imunidade, já que atua contra mais de um tipo de doença. A seguir você vai conhecer melhor a sua atuação no organismo!

Melhora a pressão sanguínea

A ação antioxidante da amora também atua diretamente na vasoconstrição de veias e vasos sanguíneos. Isso se dá porque o fruto é uma ótima fonte do poderoso antioxidante resveratrol.

Ele ainda possui o poder de reduzir a ação do angiotensin, hormônio responsável pelo aumento da pressão sanguínea. Além disso, os nutrientes presentes na amora, como potássio e magnésio, são grandes aliados na prevenção de doenças cardíacas.

Aumenta a imunidade

A amora é um fruto extremamente rico em Vitamina C, atuando de forma surpreendente para o benefício do sistema imunológico. Inclusive, a quantidade de Vitamina C presente na amora é muito semelhante à existente na laranja.

Uma vantagem com relação à laranja é que a amora contém uma quantidade reduzida de açúcar. Ingerindo amoras regularmente, é possível auxiliar o organismo na prevenção de doenças como gripes e resfriados.

Alivia os sintomas da menopausa

A união dos nutrientes presentes na amora, especialmente as Vitaminas A, B, C, E e K, faz dela uma aliada na menopausa. A fruta atua diretamente em sintomas como ansiedade, nervosismo, alterações de memória, insônia, dores no corpo e ressecamento íntimo.

Melhora a visão

Os frutos provenientes da amoreira são riquíssimos em Vitamina A. Essa substância atua de forma eficaz no fortalecimento da visão e no alívio da tensão nos olhos. A amora também possui carotenoides que reduzem os danos dos radicais livres. Dessa forma, protege a retina contra doenças e degeneração.

Ajuda a emagrecer

A amora possui uma poderosa ação diurética e reguladora intestinal. Rica em fibras, ela consegue ajudar no funcionamento do intestino, além de promover a sensação de saciedade. Para o efeito diurético e a diminuição do inchaço, o consumo mais eficaz é através da ingestão chá das suas folhas.

Formas de consumo

formas de consumo

Além da fruta em sua forma natural, existem diversas formas para consumir e usufruir os benefícios da amora. Entre os mais populares, o consumo de cápsulas de amora se tornou popular devido ao seu poder no alívio dos sintomas da menopausa.

A amora em pó é rica nos antioxidantes antocianinas, auxiliando na prevenção de problemas cardíacos. Já o chá de amora, o suco de amora e a tintura de amora são formas eficazes para a absorção dos nutrientes presentes na fruta.

Como fazer chá de amora

As folhas podem conter tantos benefícios da amora quanto a fruta. Por isso, o chá de folhas de amora é uma ótima escolha para somar ainda mais benefícios à sua dieta.

O chá auxilia no alívio dos sintomas da TPM, no combate a dores de cabeça, insônia e doenças que afetam os ossos. Através da sua ação diurética ele pode ser um grande auxílio para o emagrecimento.

Confira como é o seu preparo:

  • Passo 1: Ferver uma xícara de água;
  • Passo 2: Adicionar uma colher de chá de folhas secas na água fervente;
  • Passo 3: Deixar repousar durante 10 minutos;
  • Passo 4: Coar a mistura de água e folhas secas;
  • Passo 5: Após esfriar ele está pronto para beber.

Amora na gravidez faz mal?

Consumido moderadamente em sua forma pura, o fruto não possui contraindicações. Entretanto, as folhas de amora são utilizadas como tônico uterino, podendo resultar em contrações no útero. Por isso, o chá de folhas de amora é contraindicado para gestantes e lactantes.

Por fim, vale ressaltar que, assim como qualquer alimento, é preciso sempre ter precaução no consumo da fruta. Os benefícios da amora comprovam que ela pode e deve ser adicionada à rotina alimentar.

Você já conhecia esses benefícios ou costuma consumir o chá da fruta? Compartilhe o artigo nas suas redes sociais para os seus amigos saberem mais ou conte a sua experiência com a amora nos comentários!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *