Raiz de Alcaçuz: Benefícios, Usos e Propriedades Medicinais! (CIÊNCIA)

O alcaçuz é lembrado quando se fala em algo forte e doce. A raiz do alcaçuz é oriunda da Europa e da Ásia, utilizada por milênios tanto na culinária quanto em medicamentos naturais para diversos males – principalmente intestinais. Neste guia, você vai aprender tudo o que precisa saber sobre esta raiz para utilizá-la na sua vida.

História

História

O alcaçuz é da família das leguminosas. Ainda que existam diversas espécies, a mais comum é a glycyrrhiza glabra (saúde!), muito cultivada na Europa e na Ásia. Uma segunda variedade é a glycyrrhiza uralensis, uma variedade cujo rótulo geralmente anuncia como “alcaçuz chinês”.

Por seu extrato ser até cinquenta vezes mais doce que o açúcar, ela sempre foi utilizado na produção de doces.

Os chineses a utilizavam para combater tosses, curar resfriados, aliviar problemas gastrointestinais e até mesmo problemas reprodutivos femininos. No geral, eles a utilizavam como “droga guia“, ou seja, utilizada combinada com outras ervas medicinais para potencializar os seus efeitos na combinação.

Além dos orientais, os gregos e romanas também a utilizavam (e tal utilização se manteve na Idade Média até tempos modernos) para a produção de fármacos naturais.

Os compostos presentes na raiz de alcaçuz são os mais diversos. Conheça alguns:

  • Flavonoides: a cor de uma planta geralmente se dá por seu teor de flavonoides. Eles são substâncias naturais com ação antioxidante e anti-inflamatória.
  • Cumarinas e Stilbenoides: são polifenóis com ação anti-inflamatória e antibiótica.
  • Triterpenoidesformam a base dos esteroides presentes em plantas, fungos e alguns animais.

Você encontra ela em formato de chá, em pó, em extrato ou em suplementos/cápsulas para o consumo da forma que achar melhor. Vamos conferir, agora, alguns dos potenciais benefícios com base na ciência.

Benefícios, Propriedades e Usos da Raiz de Alcaçuz

benefícios e propriedades

Por sua riqueza de compostos naturais medicinais, a raiz de alcaçuz foi utilizada por séculos na medicina natural. As suas indicações foram as mais diversas, como o alívio da azia, o tratamento da síndrome do intestino permeável, a fadiga adrenal, o alívio dos sintomas da TPM e a sua ação analgésica.

Confira alguns dos principais benefícios e usos da raiz de alcaçuz:

  • Tratamento do refluxo ácido: eis um poderoso remédio natural para azia, náusea, indigestão e dores estomacais;
  • Tratamento da síndrome do intestino permeável: o desequilíbrio entre bactérias boas (probióticas) e bactérias ruins (patogênicas) na flora intestinal pode ocasionar a chamada síndrome do intestino permeável, onde o organismo passa a absorver toxinas, bactérias e outros agentes nocivos presentes na alimentação. Eis uma condição bastante difícil de reverter, embora há um conjunto de procedimentos que podem ser tomados para auxiliar no tratamento. Por conta da raiz de alcaçuz agir combatendo inflamações, ela pode auxiliar tanto para combater úlceras como para remediar a síndrome do intestino permeável;
  • Tratamento da fadiga adrenal: um estudo da revista Molecular and Cellular Endocrinology demonstrou que esta raiz auxilia na regulação do cortisol (hormônio responsável pelo estresse), aliviando as glândulas supra-renais;
  • Fortalecimento do sistema imunológico: esta raiz pode prevenir doenças como a hepatite C, o HIV e a gripe. Isso tudo por fortalecer o sistema imunológico, tornando o corpo mais resistente a diversas doenças;
  • Alívio da dor de garganta e da tosse: por ser um expectorante natural, ela auxilia na expelição do muco causador da tosse, limpando o seu trato respiratório. A sua ação calmante e inflamatória alivia dores de garganta. É por isso que encontramos a raiz de alcaçuz como ingrediente de diversas pastilhas e xaropes para tosse;
  • Alívio dos sintomas da TPM/menopausa: esta especiaria age no organismo feminino semelhante ao estrogênio, hormônio que corresponde a testosterona nas mulheres. Assim sendo, ela pode aliviar boa parte dos sintomas da menopausa e da TPM, agindo como uma forma natural de reposição hormonal.
  • Reduz os sintomas de problemas gastrointestinais: se você sofreu uma intoxicação alimentar, tem uma úlcera estomacal ou sofre de azia, pode utilizar o extrato de raiz de alcaçuz para repara a parede estomacal e restaurar o equilíbrio entre bactérias boas e ruins, fortalecendo o seu sistema imunológico. Isso se dá pelo ácido glicirrízico presente na raiz, que pode exterminar bactérias como a H. pylori, causadora de diversos problemas estomacais.
  • Combate o estresse: o estresse acelera a produção de cortisol e adrenalina, sobrecarregando a glândula supra-renal. Suplementos baseados nesta raiz podem oferecer algum alívio às glândulas supra renais.

Contraindicações, Efeitos Colaterais e Precauções

precauções

O consumo da raiz de alcaçuz não é recomendada para gestantes e lactantes, podendo aumentar o risco de parto prematuro ou até mesmo o aborto espontâneo. Também não é recomendada para pessoas portadoras de problemas cardíacos, hepáticos ou renais. Se você tiver qualquer doença crônica, deve consultar um médico antes de consumir esta raiz ou derivados da planta.

Também não é recomendado consumi-la no período que antecede uma cirurgia, dado que ela pode influencia na pressão arterial.

Você tem dúvidas sobre a raiz de alcaçuz? Comente abaixo!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘mais saudáveis do mundo

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest