10 Principais Alimentos Ácidos para Você Evitar – NÃO COMA!

Nós somos o que comemos. Quando selecionamos determinado alimento em detrimento de outro, podemos tornar o nosso organismo mais saudável ou mais suscetível a doenças e baixa qualidade de vida. Para tal, é ideal um equilíbrio entre alimentos de teor ácido e alimentos alcalinos. A dieta ocidental, infelizmente, é desequilibrada neste quesito.

Para saber se o nosso organismo mantem-se equilibrado, podemos medir o pH do sangue. Neste guia, você vai aprender quais são os alimentos ácidos que você deve evitar para alcançar este desejado equilíbrio. Garanto que você vai se surpreender com esta lista.

pH Neutro, Ácido ou Alcalino do Sangue

Antes de mais nada, é importante você entender como funciona o pH do sangue. Ele é comumente medido em uma escala de um a quatorze, sendo o um o mais ácido e o quatorze o mais alcalino.

O ácido contido em nossos estômagos tem como objetivo digerir o que você come e manter o seu organismo livre de bactérias e agentes patogênicos. Para tal, o ácido estomacal costuma ter o pH de 4. Já o pH do seu sangue deve estar entre 7,35 e 7,45 – o que é considerado neutro. Se o pH do seu sangue esta menor que 6, ele pode ser considerado ácido, ao tempo que se estiver maior que 8, ele pode ser considerado alcalino, como você pode conferir na tabela abaixo:

pH < 6Ácido
pH > 8Alcalino
pH 7Neutro

O que você come afeta diretamente a alcalinidade ou acidez do seu sangue. Assim como o nosso sangue, os alimentos tem o seu pH. É importante notar que você precisa manter um equilíbrio entre alimentos ácidos e alcalinos. O grande problema, hoje, é que a dieta ocidental nos força a consumir muitos alimentos ácidos. A ideia deste artigo é te mostrar o que você deve evitar comer para equilibrar o pH do seu sangue – os alimentos fortemente ácidos.

O grande problema do sangue ácido é que ele pode aumentar a probabilidade de desenvolvermos diversas patologias, como cálculos renais e até mesmo câncer. Além disso, o seu fígado se torna incapaz de executar a sua ação detox. Outros problemas que o pH ácido do sangue podem ocasionar são:

  • Redução da densidade óssea;
  • Dores estomacais;
  • Refluxo gástrico;
  • Úlceras;
  • Aftas.

Antes de irmos para a nossa lista dos dez alimentos mais ácidos, saiba que o corpo vicia em alimentos ácidos. Então você deve passar por uma reeducação alimentar para removê-los lentamente dos seus hábitos alimentares. Lembre-se, também, que você não deve evitar completamente os alimentos ácidos, dado que eles agem equilibrando o pH sanguíneo, como explicado acima.

Carnes

o que é bom evitar
CARNE DE PORCO

Após metabolizada pelo o organismo, as proteínas de origem animal – frangos, carnes, peixes – se tornam ácidas. O ideal é equilibrar fontes de proteína animal com proteína vegetal para ingerir as quantidades necessárias de proteínas por dia. Outra recomendação é optar por proteínas animais ricas em ácidos graxos, como o ômega 3, que são potencialmente menos inflamatórios que as demais fontes.

Derivados do Leite

contra indicações

O leite de vaca contém uma proporção de 1,27 para 1 de cálcio e fósforo. Os nutrientes são essenciais, mas em uma proporção correta para que funcionem de forma adequada. O ideal é uma proporção de 2,5 para 1, para uma boa saúde. O fósforo impede a absorção do cálcio. O melhor a se fazer é consumir leite de coco, leite de nozes ou leite de amêndoas como substitutos – que são opções menos ácidas.

No grupo de derivados do leite, você encontra a manteiga, o queijo, os iogurtes, o sorvete, entre outros.

Conheça, também, o leite de arroz.

Grãos

Rico em Fibras

Por essa você não esperava, não é mesmo? Muitos grãos são extremamente ácidos. Principalmente aqueles ricos em glúten, dado que esta molécula é inflamatória e de difícil digestão (principalmente as versões transgênicas comercializadas hoje, que estão bem longe da composição do glúten do pão que Jesus Cristo repartiu na Santa Ceia). Conheça farinhas sem glúten para utilizar como substituto da farinha branca.

Legumes

para almoçar e jantar
Legumes

Os legumes são pouco ácidos, mas ainda o são. Não se deve evitar completamente, dado que são fundamentais para a saúde dado a sua riqueza nutritiva. O ideal é equilibrar uma dieta rica em legumes com alimentos alcalinizantes.

Ovos

alergias alimentares

Os ovos estão entre os alimentos mais completos do mundo, por fornecer uma generosa quantidade de aminoácidos necessários para um corpo saudável. Assim sendo, eles estão no topo das tabelas de alimentos com alto valor biológico. Todavia, ovos são ácidos, por serem ricos em purinas que formam o ácido úrico. O ideal é equilibrar uma dieta com ovos e alimentos alcalinizantes para alcançar o equilíbrio que defendemos neste artigo.

Uma dica é optar por ovos caipiras, dado que são mais nutritivos e livres de hormônios e toxinas.

Nozes

castanhas

As nozes são excelentes fontes de proteínas, menos ácidas do que carnes. Todavia, ainda são ácidas, devendo ser consumidas com moderação.

Óleos Vegetais

definição

O óleo de canola ou o de girassol, utilizado muito em frituras costumam ser ácidos. Não devemos evitá-los, mas, novamente, equilibrá-los com alimentos alcalinizantes.

Álcool

o que não tomar

Já citamos neste blog, algumas vezes, os malefícios das bebidas alcoólicas para o organismo. Um dos grandes problemas do álcool não é só o seu teor ácido, como a sua ação de roubar minerais alcalinizantes, como o magnésio. Além disso, bebidas alcoólicas costumam piorar dores de estômago naqueles indivíduos que têm sistemas digestivos mais sensíveis a alimentos ácidos. É por isso que ingerir bebidas alcoólicas é uma péssima escolha para, por exemplo, pessoas que têm gastrite.

Café

A deliciosa bebida que não pode faltar no café da manhã do brasileiro é outra extremamente ácida que deve ser consumida com parcimônia. Dependendo da marca e da forma do grão, o café pode ser mais ou menos ácido; mas todos os cafés são ácidos em alguma medida. Caso você consuma em excesso e tem dificuldades de parar (dado que cafés viciam), você pode optar pelas versões descafeinadas da bebida para evitar a acidificação do seu sangue.

Açúcar Refinado

para a mente

O açúcar refinado (também conhecido como açúcar branco) – presente em refrigerantes, doces, pães, e outros alimentos de sabor adocicado – é extremamente ácido. Eis um dos principais alimentos que causam acidez exagerada do pH sanguíneo nos tempos modernos. Isso porque muitos brasileiros o incluem em praticamente todas as refeições. O corpo tem um esforço absurdo para neutralizar a acidez do açúcar refinado.

Caso você seja viciado em açúcar (acredite, é um vício!), você pode substituí-lo por vegetais alcalinizantes de sabor doce, como a batata-doce. Outras alternativas é o mel e as tâmaras. Você também pode ler o nosso guia de substitutos para o açúcar refinado.

Qual dos alimentos citados neste rank você mais consome? Qual você acha mais difícil de evitar? Compartilhe abaixo!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘mais saudáveis do mundo

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest