Planta Medicinal Imbiruçu: Benefícios e Propriedades para Saúde!

O Imbiruçu (Pseudobombax grandiflorum), também é conhecido por vários outros nomes, de acordo com cada região. Confira abaixo quais são as suas outras denominações:

  • Minas Gerais: embiruçu-da-mata, paina-do-campo, imbiruçu, paineira-do-campo, paineira-branca, paineira-lisa, paineira-do-cerrado.
  • Rio Grande do Sul: embiruçu e cedro-d’água.
  • Rio de Janeiro: paina-do-brejo, imbiruçu e paina-de-arpoador.
  • Bahia: buruçu, imbiruçu e imbiruci.
  • Santa Catarina: embiruçu.
  • Paraná: paina-amarela, cedro-de-água e paineira-amarela.
  • São Paulo: imbiruçu-do-cerrado, imbiruçu e paina-do-campo.
  • Espírito Santo: paineira-rosa

O nome embiruçu é originário do tupi mbira-assu, e quer dizer “embira grande”. É uma espécie encontrada em formações secundárias, como é o caso de capoeirões e capoeiras, e também no interior de floresta primária. E ocorrem, geralmente, em solo úmido, que pode ser em terreno de média a alta fertilidade.

Imbiruçu

O crescimento do pé de imbiruçu é relativamente rápido, chegando de 3 a 4 metros de altura em apenas 2 anos de idade.

A planta imbiruçu cresce de 6 a 14 metros de altura. O seu tronco mede de 30 a 40 cm de diâmetro, e apresenta casca lisa e com estrias verdes longitudinais. Essa espécie não tolera temperaturas baixas. Pode ser plantada em sol pleno.

Essa planta pertence à família Malvaceae, que pode ser encontrada no cerrado e na Mata Atlântica. As flores do imbiruçu são brancas e muito bonitas. Elas se destacam pela quantidade que possuem de estames (prolongamentos nas folhas com pontinhos pretos bem na ponta, onde os grãos de pólen são produzidos) e pelo seu tamanho também.

um nome em cada local

O imbiruçu possui um aroma bem adocicado, cuja intensidade costuma variar conforme a flor vai se abrindo. A frutificação dessa planta acontece entre setembro e outubro, e são semelhantes à uma cápsula. Após se abrirem, eles expõem sementes pequenas em meio a paina marrom claro. A sua floração é entre junho e agosto.

A madeira dessa planta é muito leve, com o cerne bege, com um tom levemente rosado. Apresenta finas estrias longitudinais, um pouco mais escuras. A superfície é um pouco lustrosa e com uma certa aspereza ao tato, de gosto e cheiro imperceptíveis, e com uma textura grossa. Por ser uma madeira pouco resistente à cupins, é preciso cuidar para evitar uma degradação biológica.

De tronco liso e comprido, o imbiruçu é levemente tortuoso a reto. A casca possui uma espessura que chega a 10 cm. A casca interna apresenta um tom avermelhado. E a casca externa é cinzenta-clara.

Abaixo, você vai conferir os usos dessa planta para a saúde e o jardinismo.

para que serve

Para Que Serve o Imbiruçu

A paina que recobre as sementes do imbiruçu pode ser usada como preenchimento de almofadas, de colchões e de travesseiros, pois é um material bem leve e agradável.

A madeira dessa planta é bem aceita na indústria de celulose, mas é facilmente invadida por cupins. Para a fabricação de papel, ela é muito bem aceita. As fibras possuem 96 mm de comprimento e apresentam 24,7% de teor de lignina com cinza.

No paisagismo, o imbiruçu também é uma boa opção, pois apresenta uma estrutura bem ornamental, devido à forma incomum dos seus ramos durante a floração. É uma ótima opção para o paisagismo.

usos e aplicações

Ela pode ser usada como miolo de portas e de compensados, e também para a fabricação de caixotes, muletas, painéis, ceparia, tamancos e embalagens. A qualidade da lenha feita da madeira de imbiruçu é muito ruim.

Outra importante utilidade do imbiruçu é para as abelhas. As suas flores são capazes de produzir uma boa quantidade de néctar e florescem no inverno, época em que há muita falta de flores.

É uma opção interessante para se plantar em áreas degradadas, com característica de preservação permanente. Além do mais, também serve para revegetação natural de buracos de erosão, ou buracão.

Os macacos-prego se alimentam das folhas e das flores do imbiruçu, pois estas são repletas de néctar.

Essa planta é de uma espécie heliófita, decídua e secundária. As suas flores são polinizadas por morcegos e esfingídeos. No fim da maturação, abelhas solitárias visitam as flores. As sementes são dispersas pelo vento.

Onde Encontrar e Comprar?

onde encontrar Imbiruçu

Essa planta pode ser encontrada nas regiões brasileiras de clima quente, em pastagens, na beira de estradas e em pequenas matas, e em todos esses estados é possível encontrar o imbiruçu: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Piauí, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Minas Gerais e Bahia.

Como Deve Ser a Produção de Mudas do Imbiruçu

Confira abaixo como deve ser feito o processo para a produção de mudas de imbiruçu:

Semeadura: o ideal é que seja feita em sementeiras, para que se possa repicar posteriormente. É possível também plantar duas sementes usando sacos de polietileno, cuja dimensão mínima seja de 20 cm de altura por 7 cm de diâmetro. Pode-se usar ainda tubetes de tamanho médio fabricados em polipropileno.

Somente após 2 ou 3 semanas depois de germinarem, é que se deve fazer a repicagem das sementes. É preciso semear usando embalagens individuais, com substrato organo-argiloso.

Germinação: a emergência acontece de 5 a 15 dias depois de semeadas. As sementes do imbiruçu costumam ter um alto potencial de germinação, atingindo até 95%. Após 6 meses da semeadura, já é possível ter mudas prontas para serem plantadas.

Nos viveiros, o mais recomendado é fazer o uso de canteiros semi-sombreados.

A árvore do imbiruçu produz, todos os anos, uma enorme quantidade de sementes. O mais indicado é colher os frutos diretamente na árvore, quando começarem a se abrir espontaneamente.

É fácil perceber quando isso acontece, pois surgem flocos de plumas no lugar dos frutos na cor creme. Após colher os frutos, é preciso levá-los ao sol, para que a abertura seja finalizada. Depois da total abertura, retira-se manualmente as sementes, que se encontram envolvidas por plumas.

Após observação, constatou-se que as plantas dessa espécie, quando se desenvolvem em afloramento calcário diretamente, elas brotam mais rapidamente do que as outras espécies presentes ao redor dos afloramentos, o que indica mecanismos eficientes de uma economia hídrica.

Agora que você conhece um pouco mais sobre o imbiruçu, onde encontrar, para que serve, e como deve ser o cultivo, deixe o seu comentário pra gente.

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *