Onde Encontrar a Vitamina H + Benefícios p/ Saúde

Provavelmente você já deve ter ouvido falar das vitaminas A, B, C, D e E, mas garanto que dificilmente tenha ouvido falar sobre a vitamina H. Ela é uma das 8 vitaminas que compõem o complexo B e é conhecida comumente como biotina.

Não tão popular, mas tão importante quanto as demais, a vitamina H é essencial para o bom funcionamento celular. Ela tem a importante missão de converter os alimentos que consumimos em energia para o dia a dia e, assim, manter o corpo funcionando.

alimentos com vitamina H

Ela também é responsável pela manutenção da pele e colabora para evitar o branqueamento dos cabelos, prevenir a calvície, acalmar dores musculares e dermatites.

Normalmente, essa vitamina é produzida em pequenas quantidades no nosso organismo, mas pode ser encontrada em diversos alimentos comuns do dia a dia.

legumes

Benefícios e Propriedades

  • Aliada na balança: altos níveis de vitamina H são sinônimos para uma melhor conversão de carboidratos, gorduras e proteínas em moléculas de glicose que, por sua vez, são utilizadas como fonte de energia.
  • Controle de glicose: a biotina tem função de regular os níveis de glicose na circulação, prevenindo diabetes, controlando o apetite e dificultando o acúmulo de gordura a partir do melhoramento do metabolismo da insulina.
  • Controla os níveis de colesterol: a biotina tem como função secundária diminuir os níveis de colesterol e atuar na prevenção de problemas cardíacos como inflamações ou infartos.
  • Auxilia no processo de hipertrofia: a biotina auxilia de maneira indireta no ganho de força e na redução de inflamações oriundas do exercício físico.
  • Apelo estético: o consumo frequente de vitamina H auxilia no fortalecimento de unhas, restaura a vitalidade da pele e cuida da saúde dos cabelos através da produção de queratina e hormônios reguladores da saúde da pele.

cenouras coloridas

Em quais alimentos posso encontrar vitamina H?

A biotina pode ser encontrada em diversos lugares. Atualmente, existem até mesmo suplementos concentrados dessa vitamina em cápsulas que são vendidos abertamente em farmácias todos os dias com e sem prescrição.

Vitamina H

Mas, a alimentação continua sendo a opção mais saudável e viável tanto em quantidades específicas para um bom funcionamento como para o bolso de quem pretende aumentar a ingestão. Você pode encontrar facilmente em:

  • Acelgas: além de fonte de vitamina H, vitaminas A, C, E e K também estão presentes. As acelgas agem como antioxidante, previnem deficiência de ferro, fortalecem a imunidade e possuem ação anti-inflamatória.
  • Amendoins: também rico em vitamina H, sua composição contempla vitaminas do complexo B e E, fibras solúveis e insolúveis e antioxidantes. Auxilia diretamente na perda de peso e construção muscular, atuando na prevenção do câncer e cálculo biliar.
  • Aveia: seja em farelo, flocos ou farinha, a aveia é rica em fibras, vitaminas do complexo B e E, minerais e proteínas. É um ótimo coadjuvante na prevenção e tratamento do diabetes e é aliada na prevenção de tumores.
  • Bananas: embora quase 90% de sua composição seja carboidratos, a banana é rica em fibras, potássio, vitaminas C e vitaminas do complexo B, em especial a H.
  • Batata-doce: mais comum do que se imagina no mundo fitness, a batata-doce é rica em fibras solúveis, vitaminas A, complexo B e C. Atua no controle do colesterol e diabetes, como antioxidante e regulador intestinal. Mas, seu consumo excessivo deve ser evitado: pode causar distúrbios na tireoide.
  • Couve-flor: com uma impressionante variedade de nutrientes que incluem vitaminas C, K, complexo B, fibras, minerais, antioxidantes e fotoquímicos, além de rica em vitamina H, auxilia na luta contra o câncer e na saúde do coração. Tem ação anti-inflamatória, regula a atividade intestinal, desintoxica e impulsiona a saúde cerebral.
  • Ovos: rico em proteínas, antioxidantes, riboflavina, ácido fólico e vitaminas A, complexo B e D, é um alimento muito completo que pode ser facilmente encontrado.

Outros: fígado bovino, leite, rins, arroz integral, pão integral, farinha de soja e levedo de cerveja.

onde encontrar

Vitamina H x Calcície

A calvície é um problema estético muito desconfortável relacionado à perda parcial ou total de cabelos em homens e mulheres – embora mais discretos no gênero feminino.

Como, em parte, o papel da vitamina H é fortalecer os fios e impedir que exista enfraquecimento ou branqueamento precoce, seu consumo é vital para ajudar na prevenção e no tratamento do problema.

Além disso, já existem até mesmo marcas comerciais que ficaram populares usando a biotina como base de seus produtos. Mas, não se deve esperar demais: se as quedas de cabelo não estão relacionadas à deficiência de vitaminas, pode não funcionar.

vitamina h

Excesso x Deficiência

A ingestão diária recomendada de vitamina H é de 5mcg por dia para crianças e 30mcg por dia para adultos, que pode sofrer alterações de acordo com situações específicas como a amamentação, por exemplo.

Ingerir biotina em excesso não engorda, diferente do que muitos imaginam. Ela é uma vitamina e, por isso, não possui calorias. Assim, ela pode ser considerada uma via de mão única para encontrar benefícios essenciais para a promoção de saúde.

o que comer

Também, assim como no caso da vitamina C, não existem registros de malefícios a saúde decorrentes do excesso de vitamina H. Isso porque, mesmo que haja excesso, ele é eliminado pela urina.

Quando mudamos o foco e falamos em deficiência, sabe-se que está situação é considerada muito rara, afetando especificamente gestantes – que eventualmente precisam de uma dose a mais de biotina – de maneira leve e pessoas que possuem hábitos de ingestão de ovos crus.

Outra causa muito comum da deficiência acontece quando existem problemas relacionados à enzima biotinidase, responsável pela utilização e reutilização da biotina no organismo.

fontes nutricionais

Os sintomas dessa condição aparecem nos primeiros meses de vida e já podem ser identificados pelo exame do pezinho. Podem aparecer mais cedo com semanas de vida ou ainda depois de alguns anos. Os sintomas mais comuns são:

  • Queda parcial ou total de cabelos;
  • Atraso de desenvolvimento;
  • Hipotonia muscular;
  • Convulsões;
  • Infecções da pele;
  • Ataxia (falta de coordenação dos movimentos);
  • Perda ou problemas de audição;
  • Problemas de visão;
  • Problemas de respiração;
  • Taquipneia (respiração rápida);
  • Respiração ruidosa;
  • Apneia (suspensão momentânea da respiração);
  • Erupções de pele;
  • Problemas de fala;
  • Atraso no desenvolvimento mental;
  • Conjuntivite;
  • Aumento do tamanho do baço;
  • Coma;

Qual alimento da lista acima você vai incluir na sua dieta? Compartilhe suas ideias conosco abaixo!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘mais saudáveis do mundo

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest